Chuva angra site.jpg
Unhais da Serra ABR 17 7.jpg
Cao carro ABR 17 1.jpg
Passaros poste JAN 2017 1.jpg
Gato preto angra JAN 17 1.jpg
Missao 1623 1.jpg
Os homens Invisiveis site 0.jpg
  N a ilha Terceira, nos Açores, existe apenas um aterro sanitário que recebe e incinera o lixo produzido em toda a ilha. Todos os dias são recolhidos e entregues entre 5 e 12 toneladas de lixo genérico produzido apenas na pequena cidade da Praia da Vitória.   Juntando o ordenado mínimo e mais uns trocos de subsídios de risco e alimentação, os homens invisíveis levam para casa cerca de 700 euros por mês.

Na ilha Terceira, nos Açores, existe apenas um aterro sanitário que recebe e incinera o lixo produzido em toda a ilha. Todos os dias são recolhidos e entregues entre 5 e 12 toneladas de lixo genérico produzido apenas na pequena cidade da Praia da Vitória. 

Juntando o ordenado mínimo e mais uns trocos de subsídios de risco e alimentação, os homens invisíveis levam para casa cerca de 700 euros por mês.

Os homens Invisiveis site 4.jpg
Os homens Invisiveis site 5.jpg
 O condutor, atento ao assobio dos homens de trás, arranca a cada caixote ou contentor esvaziado. Os sacos vão desaparecendo do caminho, numa limpeza cirúrgica dos passeios. Nada fica para trás. 

O condutor, atento ao assobio dos homens de trás, arranca a cada caixote ou contentor esvaziado. Os sacos vão desaparecendo do caminho, numa limpeza cirúrgica dos passeios. Nada fica para trás. 

 “Este é areia de gato”, diz o Paulo, pegando num saco à beira de uma casa. Conhecem o tipo de lixo pelo peso. Tratam-no com o cuidado de quem gosta do que faz. “Estamos habituados a isto”, refere o António entre os assobios que impulsionam o camião.

“Este é areia de gato”, diz o Paulo, pegando num saco à beira de uma casa. Conhecem o tipo de lixo pelo peso. Tratam-no com o cuidado de quem gosta do que faz. “Estamos habituados a isto”, refere o António entre os assobios que impulsionam o camião.

Os homens Invisiveis site 6.jpg
Os homens Invisiveis site 10.jpg
 Em momento nenhum estes homens se queixaram do que quer que fosse. Nem do frio da noite enfrentado pelas t-shirts que usam para lhes dar mais mobilidade nas corridas desenfreadas pelas ruas abaixo.  Chega a parecer uma competição; só não é, porque os dois se ajudam num grito do que fica pendurado atrás do camião; “Queres ajuda Paulo?” “Não é preciso António!”, grita o que salta a correr em direção aos sacos de lixo que vai avistando pelo seu lado da rua. Quando o António sai a correr do carro ainda em andamento, é o Paulo que pergunta se ele quer ajuda. É assim toda a noite, num trabalho que sabem que só se pode fazer em equipa e em cumplicidade.

Em momento nenhum estes homens se queixaram do que quer que fosse. Nem do frio da noite enfrentado pelas t-shirts que usam para lhes dar mais mobilidade nas corridas desenfreadas pelas ruas abaixo.

Chega a parecer uma competição; só não é, porque os dois se ajudam num grito do que fica pendurado atrás do camião; “Queres ajuda Paulo?” “Não é preciso António!”, grita o que salta a correr em direção aos sacos de lixo que vai avistando pelo seu lado da rua. Quando o António sai a correr do carro ainda em andamento, é o Paulo que pergunta se ele quer ajuda. É assim toda a noite, num trabalho que sabem que só se pode fazer em equipa e em cumplicidade.

Os homens Invisiveis site 22.jpg
Os homens Invisiveis site 26.jpg
Os homens Invisiveis site 24.jpg
Os homens Invisiveis site 28.jpg
Os homens Invisiveis site 32.jpg
Os homens Invisiveis site 34.jpg
Os homens Invisiveis site 36.jpg
Os homens Invisiveis site 38.jpg
Os homens Invisiveis site 40.jpg
Os homens Invisiveis site 42.jpg
Os homens Invisiveis site 44.jpg
Os homens Invisiveis site 46.jpg
Os homens Invisiveis site 48.jpg
Os homens Invisiveis site 50.jpg
Os homens Invisiveis site 52.jpg
Os homens Invisiveis site 54.jpg
Os homens Invisiveis site 56.jpg
Os homens Invisiveis site 58.jpg
Os homens Invisiveis site 60.jpg
Os homens Invisiveis site 62.jpg
Os homens Invisiveis site 64.jpg
Os homens Invisiveis site 66.jpg
Os homens Invisiveis site 68.jpg
Os homens Invisiveis site 70.jpg
Os homens Invisiveis site 72.jpg
Os homens Invisiveis site 74.jpg
Os homens Invisiveis site 76.jpg
Os homens Invisiveis site 80.jpg
Os homens Invisiveis site 82.jpg
Os homens Invisiveis site 84.jpg
Os homens Invisiveis site 86.jpg
Os homens Invisiveis site 88.jpg
Os homens Invisiveis site 90.jpg
Os homens Invisiveis site 92.jpg
Os homens Invisiveis site 94.jpg
Os homens Invisiveis site 96.jpg
Os homens Invisiveis site 98.jpg
Os homens Invisiveis site 100.jpg
Os homens Invisiveis site 102.jpg
Os homens Invisiveis site 104.jpg
 O casamento é sempre o dia mais importante da vida de um casal. Contar as histórias deles através da fotografia é um prazer que nunca se repete.

O casamento é sempre o dia mais importante da vida de um casal. Contar as histórias deles através da fotografia é um prazer que nunca se repete.

Noiva Helena 1.jpg
Casamento Catarina 1.jpg
Casamento Tatiana Duarte 4.jpg